OCS espanhóis colaboram na luta contra desinformação e mentira política

Madrid, 11 abr 2019 (Lusa) - Dezasseis meios de comunicação social espanhóis anunciaram hoje que vão "colaborar" no projeto Combrobado (Verificado) de luta contra a "desinformação" e a "mentira política" nas eleições.

O objetivo do projeto é "verificar" as declarações dos políticos, o discurso público e conteúdos que se "movimentam" e tornam-se virais nas redes sociais, comprometendo-se os participantes a cooperar nas tarefas de verificação e desmentido, assim como a avaliar o trabalho que cada um faz.

Na iniciativa participam agências de notícias, jornais digitais, televisões e meios especializados na verificação de notícias, como a Maldita.es e a First Draft que coordenam o projeto.

Nos últimos anos, a First Draft, uma das organizações pioneiras na verificação de dados a nível internacional, lançou vários projetos de "crosscheck" durante atos eleitorais, que provaram ser ferramentas eficazes em países como a França, o Reino Unido ou o Brasil.

Os resultados das verificações dos jornalistas participantes, que devem ter o aval de pelo menos três órgãos de comunicação social, serão publicados na página do "Comprobado".

Os participantes, que não recebem dinheiro pelo seu trabalho, querem combater as mentiras e que os cidadãos sejam mais bem informados na hora de votar, nomeadamente nas próximas eleições legislativas em Espanha de 28 de abril próximo que serão seguidas a 26 de maio de eleições europeias, regionais e municipais.

Participam no projeto AFP, Ara, Datadista, Diario de Navarra, El Confidencial, eldiario.es, El Faradio, Europa Press, La Marea, Newtral, Politibot, Público, RTVE, Servimedia e Maldita.es.

 

Fernando Paula Brito