Juncker acusa líder húngaro de autoria de ‘fake news’

Bruxelas, 14 dez 2018 (Lusa) - O presidente da Comissão europeia, Jean-Claude Juncker, acusou hoje, em conferência de imprensa, o primeiro-ministro húngaro, Victor Orban, da autoria de desinformação ('fake news').

"Quando o senhor Orban, por exemplo, diz que eu sou responsável pelo 'Brexit: 'fake news', quando diz que que os migrantes são responsáveis pelo 'Brexit: 'fake news'", disse Juncker, no final dos trabalhos do Conselho Europeu.

As 'fake news' não se encontram só no campo dos seus habituais autores, salientou ainda o líder do executivo comunitário.

Nas conclusões da cimeira, os líderes europeus concordaram com a aplicação de um plano de ação conjunto contra a desinformação e apelaram a que sejam tomadas medidas decisivas para assegurar a realização de eleições europeias e nacionais livres e justas.

IG/ACC/AMG // EL

Lusa/fim