Facebook anuncia Polígrafo como segundo parceiro de ‘fact-checking’ em Portugal

Lisboa, 01 ago 2019 (Lusa) - O Facebook anunciou hoje que o Polígrafo é o seu segundo parceiro de 'fact-checking' (verificação da informação) em Portugal, depois do Observador, que começou a colaborar com a rede social em maio passado.

No início de julho, o diretor de políticas públicas do Facebook, Andy O'Connell, afirmou no parlamento que a rede social estava a "explorar formas de envolver 'fact checkers' [verificadores de factos]" em Portugal, além da parceria do Observador.

"Hoje, o Facebook anuncia a expansão do programa de 'fact-checking' em Portugal com o Polígrafo, meio que é certificado pela organização não partidária International Fact-Checking Network e que, a partir deste mês, vai rever e avaliar a precisão dos conteúdos" na rede social, refere a entidade em comunicado.

"Este é o segundo parceiro de 'fact-checking' em Portugal, depois do Observador se juntar ao programa em maio", acrescenta.

O Polígrafo dedica-se a verificar as afirmações que são ditas no espaço público, por políticos, influenciadores e dos movimentos das 'fake news' [desinformação].

"Combater as notícias falsas é uma responsabilidade que levamos muito a sério e é por isso que estamos constantemente a trabalhar em maneiras de impedir a disseminação de desinformação na nossa plataforma", refere Natalia Basterrechea, responsável do Facebook Espanha e Portugal na área de políticas públicas.

"Ao expandir o nosso programa de 'fact-checking' em Portugal ajudamos as pessoas a entender melhor as informações que veem e também a reduzir a disseminação de conteúdo falso na plataforma", prosseguiu a responsável.

"Estamos muito satisfeitos pelo Polígrafo aderir ao nosso programa", concluiu.

Este programa está "alinhado com a estrutura de três partes do Facebook para melhorar a qualidade e autenticidade do conteúdo no 'News Feed': o Facebook remove as contas e o conteúdo que viola os padrões da comunidade ou as políticas de publicidade; reduz a distribuição de notícias falsas e conteúdo não autêntico, como 'clickbait' [estratégia para aumentar tráfego na Internet]; e informa as pessoas, dando-lhes mais contexto nos 'posts' que veem", refere a rede social.

Atualmente, o programa conta com 54 parceiros verificadores de informação a nível mundial em 42 idiomas, sendo que o "Facebook está a investir em formas de aumentar ainda mais estes esforços".

Um 'fact checker' é alguém ou uma empresa que verifica os factos, a informação disponível em plataformas 'online', e certifica se os conteúdos são ou não verdadeiros.

Alexandra Luís